2020 será o ano de defender ainda mais os dados públicos (e você tem tudo a ver com isso) - #Don't LAI to me ESPECIAL

Veja como o Fiquem Sabendo defendeu e lutou pela transparência de documentos públicos em 2019; e o que você pode fazer para nos ajudar

O ano de 2019 mostrou como nunca a relevância de batalhar pela divulgação de dados públicos de qualidade. 

Da tentativa fracassada do governo federal de aumentar o número de autoridades que poderiam decretar sigilo sobre documentos às ações das universidades estaduais de SP para serem ainda menos transparentes, não foram poucas as tentativas de dificultar o acesso a documentos de interesse público por todos os lados.

O Fiquem Sabendo, agência independente e especializada na Lei de Acesso à Informação (LAI), acompanhou esses assuntos de perto. E também revelou como descobrir histórias por meio desses mesmos documentos públicos que tanto se tenta esconder.

Só em 2019 nós fomos responsáveis por mostrar que o governo federal vinha mantendo centenas de documentos sob segredo, mesmo depois de expirado o prazo de sigiloso (e nós abrimos muitos deles!), obtivemos decisão legal inédita que abrirá os dados de pensões de inativos (com um gasto que chegou a quase R$ 500 bilhões em seis anos e nunca tiveram a transparência devida), revelamos telegramas que apontaram a ineficiência do poder público em controlar o crescimento do número de alunos de medicina brasileiros estudando em países vizinhos em cursos com pouca estrutura (que mais tarde virou reportagem especial no Estadão), fomos citados na CPI das universidades na Assembleia Legislativa de SP por revelar uma lista inédita de pagamentos na Unesp e mostramos como a Polícia Federal monitorou manifestantes nas jornadas de junho de 2013 e mapeou o crime organizado no Rio.

Em um ano, o Fiquem Sabendo e a newsletter Don’t LAI to me foram mencionados como fonte de dados ou especialista em LAI ao menos 340 vezes, entre reportagens e entrevistas. Divulgamos mais de 100 bases de dados inéditas que viraram reportagens produzidas em jornais nacionais (O Globo, Estadão, SBT, HBO, Correio Braziliense, BBC, Zero Hora) e regionais de pelo menos 21 estados brasileiros. Por esse trabalho, fomos premiados com o primeiro lugar no Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, categoria Dados Abertos, e no prêmio Livre.jor de Jornalismo Mosca (segundo lugar).

Também demos oficinas sobre como usar a Lei de Acesso à Informação para centenas de pessoas em diversos estados, participamos de debates e passamos a integrar um grupo de trabalho para a melhoria de políticas públicas de transparência organizado pela Controladoria-Geral da União (CGU). E as novidades para 2020 logo chegarão - mas ainda não podemos contar quais são.

E isso só aconteceu porque tivemos muito apoio dos nossos leitores, que já são quase 4 mil, e dos que colaboraram ou colaboram com a nossa campanha de financiamento coletivo.

Queremos fortalecer esse trabalho e divulgar ainda mais dados públicos que tentam esconder a todo custo. Mas só conseguiremos continuar com o seu apoio:

Catarse

PagSeguro

PayPal

Mora fora do Brasil? Tanto o Catarse quanto o Paypal têm soluções para cartões de crédito registrados no exterior!

Sua empresa tem interesse em algum dos nossos produtos, serviços, formação ou patrocinar a ampliação da transparência pública no país? Nesse caso, nos envie um email: contato@fiquemsabendo.com.br

Um agradecimento especial aos nossos colaboradores da campanha de financiamento coletivo: Alessandra Monnerat, Alexandre Ceolin Hausen, Carla Orihuela Borges, Cecília Nunes do Lago Oliveira, Fabiana dos Reis Marchiori, Gabriela Caesar, Gustavo Justino, Heclair Rodrigues Pimentel Filho, Izabel Lima dos Santos, Kavita, Miadaira Hamza, Lucas Marchesini Palma, Luma Poletti Dutra, Marco Túlio Pires, Mercia Gomes, Natália Mazotte, Nina Weingrill, Plínio Luís Pereira Lopes, Reinaldo Chaves da Silva, Renan Barbosa, Robert Gregory Michener, Roberta Alberti, Rosely Ferreira Fagundes Maximo, Sérgio Spagnuolo, Simone Cunha, Servulo Correa, Thales Gomes da Silva Coimbra, Tiago Maranhao Barreto Pereira, Víni Cassela, Vinicius Rodrigues Pecanha (excluímos os que pediram anonimato). 

Desejamos a todos um feliz ano novo e muitos pedidos bem respondidos em 2020! 

Léo Arcoverde, Maria Vitória Ramos, Luiz Fernando Toledo, Bruno Morassutti e  Fabiana Cambricoli


Siga-nos no Twitter: @_fiquemsabendo / @toledoluizf / @cambricoli / @mavilaunberg /@555112299jedi


Perdeu alguma edição da Don’t LAI to Me? Veja aqui todas que já saíram:

#24 - Site traz dados de saúde pública simplificados por município

#23 - Segurança e assessoria de ex-presidentes custam 3 milhões/ano

#22 - Melhorando dados públicos: CGU vê conflito de interesse em 1/3 dos pedidos de autorização de atividade privada de servidores

#21 - Governos municipais e estaduais integram lista de autuados por trabalho infantil; veja dados - Don't LAI to Me

#20 - Meio bilhão por mês: investigando contratações terceirizadas no governo federal

#19 - Gastos sigilosos: Em oito meses, viagens de Jair Bolsonaro consumiram R$ 3,7 milhões
#18 - Abrindo a porteira: investigando os resultados de concursos públicos
#17 - PF mapeou crime organizado no RJ para grandes eventos em 2013
#16 - Watching the Watchmen: o que os órgãos públicos estão investigando nas redes sociais?
#15 - Meio milhão de reais em uma lanchonete: os gastos dos ex-presidentes da República e suas equipes
#14 - Relatórios sigilosos na PF: milicianos, crimes eleitorais e apreensões de fuzis na América Latina
#13 - Digital influencer pró-governo: quem contratou e quanto pagou?
#12 - BBB do serviço público: o que os servidores estão discutindo por e-mail?
#11 - Ghostbusters: Caçando funcionários fantasmas no serviço público
# 10 - Enviada somente por e-mail
# 9 - Enviada somente por e-mail
# 8 - Memorando inédito da CIA: a Ditadura e a Igreja no regime Médici
# 7 - Como obter currículos de servidores públicos
#6 - Veja como acessar as dívidas de políticos com a União via Lei de Acesso
#5 - Marinha pede “só” 93 anos para entregar documentos que perderam sigilo
# 4 - Sem Sigilo: Fiquem Sabendo libera 400 documentos do Ministério da Defesa
# 3 - Sem Sigilo: em universidade federal, até pesquisa sobre ensino de flauta vira secreta
#2 - Telegramas do MEC e mudanças na LAI
#1 - Bolsonaro alertou Anatel sobre falsas contas de celular em seu nome